Atividades e áreas de atuação

Home / Atividades e áreas de atuação

Tecnólogo em Radiologia – Formação de Nível Superior com Habilitação Plena

As atribuições do profissional Tecnólogo em Radiologia estão enumeradas, de forma geral, no artigo 2º da Lei Federal nº. 7.394/85 que regulamentou a profissão e criou os Conselhos Federais e Regionais de Técnicos em Radiologia – Sistema CONTER/CRTR’s.

Coube ao Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia – CONTER, órgão regulamentador da classe profissional, criar uma norma que detalhasse estas funções. Na Resolução CONTER nº. 12, de 04 de maio de 2012, estão descritas as atividades que poderão ser exercidas, no todo ou em parte, pelo Tecnólogo em Radiologia, de acordo com seu perfil profissional. Download da Resolução.

Gestão, gerenciamento e fiscalização, supervisão e responsabilidade técnica nos serviços de Radiologia e Diagnóstico por Imagem;
Assistência, assessoria, consultoria nos serviços de Radiologia e Diagnóstico por Imagem;
Coordenar os cursos de “Graduação em Tecnologia em Radiologia”, ensino, e extensão;
Realizar a Supervisão de Proteção Radiológica em instalações e ambientes clínicos hospitalares e treinamento e condução de equipe nos serviços de Radiologia e Diagnóstico por Imagem;

No âmbito dos serviços de Diagnóstico por Imagem, Radioterapia e Medicina Nuclear:
Gestão, implementação e execução do Programa de Garantia e certificação de qualidade dos serviços de radiologia;
Gestão, implementação e execução do Serviço de Proteção Radiológica;
Elaboração, implementação e execução do Plano de gerenciamento de tecnologias em saúde em estabelecimentos de radiologia;
Supervisão de estágio de estudantes das áreas de técnicas e tecnologia em radiologia;
Gestão, implementação e execução do Programa de Gerenciamento de Resíduos em serviços de radiologia; Parágrafo único.
No âmbito dos serviços de Radiologia Industrial:

Além das atribuições mencionadas nos incisos supra, o tecnólogo poderá atuar na realização de dosimetria.
Gestão, implementação e execução do Serviço de Proteção Radiológica;
Definição e garantia do cumprimento dos protocolos utilizados no serviço, bem como as adaptações necessárias;
Treinamento do pessoal envolvido nos procedimentos radiológicos;
Participação de equipe multidisciplinar, emitir parecer, manifestar opinião e sugerir aplicação das técnicas radiológicas adequadas ao caso em discussão.

Constitui atribuições do Tecnólogo em Radiologia
Atuação no âmbito da pesquisa com uso da radiação ionizante e não ionizante, nas áreas da bioradiologia, micro-anatomia e micro-biologia;
Atuação nas subáreas de que trata o artigo 2º;
Empregabilidade da nano-tecnologia;
Compor equipe de desenvolvimento nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, inter multidisciplinar.
Participar de programas e atividades de educação sanitária, visando à melhoria da saúde do indivíduo, da família e da população em geral;
Programas de higiene e segurança do trabalho e de prevenção de acidentes e de doenças profissionais e do trabalho;
Treinamento e aprimoramento de pessoal de saúde, particularmente nos programas de educação continuada;
Participar de bancas examinadoras, em matérias específicas da radiologia, nos concursos para provimento de cargo ou contratação de Tecnólogo ou pessoal Técnico e Auxiliar de Radiologia.
Atuar junto a equipe de Engenharia Clínica Hospitalar;
Prestar consultoria, realizar auditorias e emitir pareceres sobre matéria de âmbito das ciências radiológicas;
Atuar nas funções de Treinamento e “Aplicacion” no âmbito dos serviços de Radiologia e Diagnóstico por Imagem;


Técnico em Radiologia – Formação de Nível Médio com Habilitação em Radiodiagnóstico

Em atenção à exegese do art. 1º da Lei Federal nº. 7.394/85 que regulamenta a profissão de Técnico de Radiologia, as atividades e áreas de atuação dos profissionais que executam as seguintes técnicas, a saber:

  • Radiológica, no setor de diagnóstico, médico, veterinário e odontológico;
  • Radioterápica, no setor de terapia;
  • Radioisotópica, no setor de radioisótopos;
  • Industrial, no setor industrial; e
  • Medicina Nuclear

Na Resolução CONTER nº. 11, de 20 de dezembro de 2017, estão descritas as atividades que poderão ser exercidas, no todo ou em parte, pelo Técnico em Radiologia, de acordo com seu perfil profissional:

Constitui atribuições do Técnico em Radiologia

Compete ao Técnico em Radiologia no setor de diagnóstico por imagem realizar procedimentos para geração de imagens, através de operação de equipamentos específicos nas subáreas definidas nos artigos 2º e 3º da presente Resolução.
Nos exames radiológicos onde houver indicação do uso de contrastes, compete ao Técnico em Radiologia administrar/aplicar o produto, desde que executados sob orientação e supervisão médica.
1º Durante a realização dos exames com indicação de uso de contraste, deve existir um médico disponível no serviço, mesmo que na sala de laudo, conforme entendimento do Conselho Federal de Medicina – CFM.
Orientar e preparar os pacientes de acordo com instruções médicas estabelecidas, para assegurar a validade dos exames;

Coube ao Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia – CONTER, Órgão Regulamentador da classe profissional, no art. 1ª da Resolução CONTER nº. 17, de 21 agosto de 2019 o reconhecimento e requisitos para o registro de especialização do profissional Técnico em Radiologia, especificamente nas especialidades de Radioterapia e Medicina Nuclear. Download Resolução.